skip to main content

Como escolher o Seguro de Vida

2022.4.30 Vítor Ribeiro, CFA

O que vimos ao longo desta série de artigos sobre seguro de vida reflete a importância do mesmo para o bem-estar individual e familiar e para a correta gestão do risco individual:

Por isso, é necessário perceber como escolher o melhor seguro de vida.

Um dos fatores mais importantes na lógica do tomador do seguro é o fator preço (prémio). Mas não devemos escolher apenas pelo preço. Este fator é importante, naturalmente, mas temos de analisar muito bem as coberturas e o capital definido em caso de morte, doença ou invalidez para que a comparação seja possível.

Comprar barato pode significar menos coberturas e menos proteção no futuro.

É fundamental analisar várias propostas de diferentes seguradoras e consultar o site da ASF para perceber se as seguradoras estão devidamente autorizadas e com solidez de acordo com as métricas definidas. Devemos analisar também o impacto do prémio no nosso plano financeiro. Às vezes o capital necessário é superior, mas temos de optar por um capital mais baixo para podermos suportar o prémio do seguro. São decisões difíceis, mas que devem ser sempre ponderadas. A possibilidade de alterar o valor do capital mediante a nossa situação financeira pode ser uma forma interessante de mitigarmos este risco.

Para conseguirmos ir ajustando as coberturas e o valor do capital é necessário que a apólice de seguro permita fazer essas alterações. Por isso, devemos verificar sempre se o seguro permite alterar estas condições ao longo do contrato.

Também a forma de pagamento pode ajudar na tomada de decisão. O pagamento do prémio de forma fracionada pode representar um acréscimo do valor anual do prémio. A possibilidade de pagar por débito direto também pode alterar o valor do prémio.

Por fim, reforçamos a importância de sabermos qual o capital necessário, ou seja, qual o valor a ser pago pela seguradora no momento em que o seguro é acionado, no momento em ocorre o sinistro (morte, doença ou invalidez). Para fazer este cálculo é necessário sabermos, por exemplo, o nosso nível de vida (despesas anuais), a composição do agregado familiar e idade, os nossos objetivos e a existência ou não créditos como o crédito à habitação (consulte-nos para mais informações). No fundo, trata-se do valor que, sem a nossa presença, permitirá à nossa família continuar a ter a sua vida normal e a cumprir o plano definido quanto a, por exemplo, despesas de educação, habitação, saúde, transporte, alimentação, entre outros.

O seguro de vida é uma peça-chave num plano financeiro completo. Por isso, desenvolvemos uma parceria com a Mudey, uma startup tecnológica do setor dos seguros; uma insurtech inovadora para podermos oferecer aos clientes Future Proof este importante serviço. A parceria que a Future Proof e a Mudey celebraram permitirá aos investidores e clientes da Future Proof aceder a uma oferta muito completa de seguros de vida e a um acompanhamento total ao nível da carteira de seguros.

Previna-se contra o que não pode controlar e não ponha em causa o valor do património e a segurança de todos. Proteja a sua família - faça um Seguro de Vida!

Simule agora

Vítor Ribeiro, CFA
Vítor Ribeiro, CFA

Vítor é um CFA® Charterholder, empreendedor, melómano e com um sonho de construir um verdadeiro ecossistema de investimento e planeamento financeiro ao serviço das famílias e organizações.

Ver todos os artigos

+351 939873441 (Vítor Mário Ribeiro, CFA)

+351 938438594 (Luís Silva)

future@futureproof.pt

A Future Proof é um agente vinculado do Banco Invest, S.A. registado na CMVM.

Menu