skip to main content

A importância da Literacia Financeira

2021.8.27 Vítor Ribeiro, CFA

A preocupação com o comportamento dos investidores e dos diversos atores no mercado financeiro é bem visível no conjunto de regulação pós crise financeira 2007-2008. De certa forma constatamos que o nível de literacia financeira não é condizente com o nível de complexidade dos produtos financeiros. E em toda esta dinâmica encontramos um conjunto significativo de vieses cognitivos e emocionais aplicados às finanças.

No episódio do podcast sobre erros do investidor e no Linkedin questionamos quem comete mais erros e evidencia mais vieses: os investidores ou os profissionais da indústria ou ambos?

De facto, todos os participantes do mercado estão sujeitos a vieses e erros. E por isso, a literacia financeira deve ser um esforço transversal de toda a comunidade para credibilizar, profissionalizar e transmitir mais confiança e valor à indústria.

Fonte: Trust Equation, CFA Institute

 

A importância da formação ou literacia financeira sente-se a vários níveis. Repare-se no caso da reforma: apesar de toda a sensibilização e pedagogia em relação a este tema, continuamos a prepará-la tarde e a não darmos a devida importância a conceitos básicos como o efeito capitalização e inflação.

Abordamos estes conceitos em artigos recentes (A importância da poupança e O grande debate sobre inflação), mas vale a pena refletir sobre o mecanismo da inflação com o estudo recente desenvolvido pela Schwab Retirement Plan Services, nos EUA.

O artigo aborda o valor necessário para cumprir um dos principais objetivos do investidor: a reforma. Havia um consenso entre os aforradores americanos, no início deste século, que seria necessário 1 milhão de dólares para manter o estilo de vida na reforma. No entanto, esse valor parece ter mudado de forma significativa. Atualmente, o estuda indica que o alvo quase que duplicou, devido à inflação, tendo passado para 1,9 milhões de dólares.

Apesar da inflação estar controlada não significa que não exista. Existe e provoca a tal ilusão monetária que se tem falado, mas que não se sente.

É, por isso, essencial termos uma visão de longo prazo, começar cedo a poupar, compreender a importância do mercado financeiro, não deixar o nosso dinheiro parado, ser prudente nos nossos gastos, colocar a poupança como prioridade.

Um financial advisor pode ajudá-lo a criar uma estratégia que o leve a atingir o objetivo necessário. A complexidade no mundo atual, os momentos disruptivos que aconteceram na nossa vida nos últimos meses, revelam bem a importância do bem-estar financeiro e o valor do aconselhamento para definir e atingir este objetivo.

A par do aconselhamento, está a Literacia Financeira; conhecimentos sólidos e continuados em finanças pessoais fazem a diferença no objetivo de bem-estar financeiro.

 

Como começar e aprender mais sobre literacia financeira?

A Literacia Financeira é fundamental para solidificar todos estes conceitos e está a ganhar espaço mediático. Seja porque há um défice de conhecimento que prejudica o bem-estar individual e o desenvolvimento económico, seja porque as soluções de poupança são cada vez mais complexas.

E a verdade é que a par deste aumento de complexidade tem surgido também mais democratização no acesso a conhecimento. E por isso destacam-se aqui algumas plataformas e programas disponíveis que se traduzem num excelente começo para a educação financeira:

Nestas várias soluções são abordados conceitos básicos e essenciais para o investimento financeiro, para diversificar os investimentos, como e onde investir dinheiro, e ferramentas essenciais para a gerir as finanças pessoais, do ponto de vista do investimento, do rendimento, da despesa e do crédito.

Há diversa literatura e apps a ensinar a poupar e até com dicas para nos tornarmos ricos. Vários livros com truques ditos infalíveis de como investir ao estilo de Warren Buffet ou de como ganhar dinheiro na bolsa ou em bitcoins. Um fraudulento incentivo constante ao lucro fácil.

Mas atenção: não há almoços grátis. Não há lucro fácil e rápido. Compreenda os riscos e fique alerta a burlas e esquemas fraudulentos.  Invista em Educação Financeira.

Vítor Ribeiro, CFA
Vítor Ribeiro, CFA

Vítor é um CFA® Charterholder, empreendedor, melómano e com um sonho de construir um verdadeiro ecossistema de investimento e planeamento financeiro ao serviço das famílias e organizações.

Ver todos os artigos

+351 939873441 (Vítor Mário Ribeiro, CFA)

+351 938438594 (Luís Silva)

future@futureproof.pt

A Future Proof é um agente vinculado do Banco Invest, S.A. registado na CMVM.

Menu